terça-feira, 31 de março de 2015

Meia-Maratona BTT ARZ Team (Zebrinho)

"Why chase society's suggestions of success when deep within you, you have a better version?" (Robin Sharma)

Tenho uma versão de sucesso bem diferente daquela que a sociedade sugere... Para mim é "sucesso", para outros se calhar não... chamem-lhe o que quiserem!

Essa versão, para mim, passa por fazer o que me dá maior satisfação pessoal, mesmo que seja pouco convencional...

Mesmo que vá contra as tradições...

Mesmo que seja pouco "feminino"... (o que é "feminino"??)

Mesmo que me digam isto e aquilo, sugiram isto ou aqueloutro, critiquem, falem bem ou mal, não me interessa. 

Interessa-me ir onde me sinto bem, onde sou bem-vinda, com quem me sinto bem e a fazer aquilo que gosto.

Isto tudo para dizer que este Domingo, logo no dia a seguir ao Duatlo BTT do Barreiro, a minha versão de "sucesso" foi mais uma vez fugir ao que seria aceitável ou recomendável: foi aceitar mais uma excelente oportunidade - oferecida pelos meus amigos da Espigão Suplementos - de participar numa meia-maratona de BTT em trilhos espectaculares do município de Coruche, mais propriamente no Zebrinho.


Além disso, era mais um teste aos pneus novos, que já tinham dado provas na véspera, mas que quis mais uma vez submeter a testes em pistas arenosas, single-tracks, estradões, curvas apertadas, descidas não demasiado técnicas, enfim, um teste polivalente! Porque faltam 28 dias para o objectivo! 

Mudou a hora, mas não mudou a vontade!

Mudou o tempo, estava um lindo dia de sol que se avizinhava forte... o que ainda me deu mais vontade!

E assim estou perfilada no funil de partida, eu e mais uma data deles e delas (parece que éramos uns 200 no total), e aguardo tranquilamente pelo sinal de partida.

Foto: Elsa Almeida
Tenho um jersey bem bonito não tenho?? I'm a proud "GOLD Athlete"! ;-)

Soa a buzina, e o andamento é controlado durante o 1º km, depois é roda livre.

Como sempre começa tudo nas horas! E eu com o meu motor diesel da velha guarda, ainda estou a aquecer a resistência. 1ª subida passo logo uma série deles...

O percurso é muito variado, tem de tudo: subidas e descidas (cerca de 500mts em 35kms), singles lindíssimos com alguns desafios interessantes, estradões para rolar forte, muita areia nalguns sítios mesmo bom para o meu treino, pontes improvisadas, enfim, de tudo e muito bem marcado, sempre com fitas, setas pintadas no chão e placas avisadoras de perigo. Mas era tudo acessível, nada que pusesse em risco a nossa integridade se tivéssemos as devidas cautelas. Não sei como é que houve quem se possa ter enganado no percurso... Andam rápido demais, talvez!


Não precisei de parar nem no abastecimento (km19), nem em qualquer outro ponto de água intermédio (nos postos de controlo), pois a água com electrólitos que levava chegou para a 01h43 que fiz de prova. Foi um tirinho!

Tenda de recuperação, com muita coisa boa para reabastecer logo ali, pódio montado, e logo que chegam os e as atletas de pódio faz-se a entrega de prémios. Subi ao 2º lugar da Meia, a escassos 50" da 1ª classificada que deve ter pouco mais de metade da minha idade lol!


Troféus bem originais e muito bonitos, a fugir às vulgares medalhas e taças, muito bem pensados e simples.

Mas o melhor ainda estava para vir....

Que belo almoço com que nos presenteou a organização! À descrição, as vezes que quiséssemos...




Interessados?? Venham que para o ano há mais!

Com esta qualidade toda, boa companhia e trilhos a condizer, que mais se pode desejar??


"Constrói tu o teu sucesso..." (by IronMena)!

1 comentário:

  1. Cada um deve construir o seu ....

    Parabéns não pelo resultado mas pela diversão.

    ResponderEliminar